?

Log in

sh. [entries|friends|calendar]
gabriel seibel

[ userinfo | livejournal userinfo ]
[ calendar | livejournal calendar ]

[17/02/09 6:09]
de repente tu és o teto de um circo, de uma torre, o topo de um obelisco, um farol. e eu estou sobre ti e sob um céu de fevereiro, plástico, como uma membrana maleável cheia tensão superficial, com estrelas que são brancas e tendem a desaparecer, que nem o prato que tu então finalmente arremessas contra o chão. é quando tu me apresentas um escorregador vertiginoso que me encaminha inercialmente à queda, à abstração, à contemplação e ao encontro. um salto ornamental na primitividade do sentimento onde não há mais construções culturais, mas somente a cor incrivelmente pura de tudo o que a natureza selvagem apresenta. como se eu pudesse tocar as memórias, as resiliências, os nossos furos da alma, tocar o timbre da minha voz embargada que não consegue explicar a maneira como flerto com a onisciência. ciência de que um dia o teu plexo de energia vai enfim parar de piscar, acendendo para nunca mais se apagar, e, só assim, nossa missão estará finalmente cumprida.

navigation
[ viewing | most recent entries ]
[ go | earlier ]